PUBLICIDADE
Topo

Show triplo com bandas brasileiras abre 1º dia de metal no Rock in Rio

Mário Barra

Do UOL, no Rio

19/09/2013 14h42

O público era menor que o desejável, mas a apresentação tripla das bandas brasileiras Dr. Sin e República com o guitarrista norte-americano Roy Z deu o tom da mudança de ares no quarto dia de Rock in Rio 2013 nesta quinta-feira (19).

  • 12526
  • true
  • http://musica.uol.com.br/enquetes/2013/09/19/qual-foi-o-melhor-show-do-quarto-dia-de-rock-in-rio-2013.js

O céu amanheceu nublado, a temperatura era bem mais fria do que no primeiro final de semana e as camisetas definitivamente perderam a cor: preto, preto e preto era tudo o que se via no caminho entre os palcos Mundo e Sunset.

O projeto inicial da organização do Rock in Rio era contar com o grupo galês Bullet for My Valentine para tocar no horário. Com o cancelamento, as duas bandas brasileiras se aliaram ao aclamado Roy Z -- músico que já tocou com nomes como Rob Halford e Bruce Dickinson -- para aquecer um dia que contará com artistas como Metallica, Ghost BC e Sebastian Bach.

Supergrupo nacional

Os integrantes do República, tradicional banda de heavy metal brasileira, subiram ao palco, às 14h40. Após duas músicas, o vocalista Leo Belling convocou Roy Z, recebido com aplausos pelo público, que foi crescendo durante o show. A banda aproveitou a oportunidade para lançar "Change My Way", primeiro single do novo disco, "Point of No Return", lançado em formato digital nesta quinta-feira. 

Em seguida, a faixa-título "Point of No Return" foi apresentada à plateia, mais uma música do disco novo da banda. No chão, o público acompanhava a apresentação com atenção, mas foi só se empolgar de verdade quando o "supergrupo" do metal brasileiro ficou completo e os membros do Dr. Sin foram chamados ao palco, com especial devoção dos fãs ao guitarrista Edu Ardanuy.

Sem querer, Belling acabou deixando escapar um "prepara" antes da música, o que trouxe à memória de alguns na plateia a distante comparação com... Anitta. Mas a estranha sensação durou apenas alguns segundos até o cover de "Breaking the Law", hit do Judas Priest, tomar conta da atenção dos presentes.

A partir daí, o Dr. Sin dominou sozinho o palco. Com mais público do que os colegas do República, o experiente grupo fez uma apresentação recebida com mais entusiasmo pelos fãs, que abriram rodinhas e cantaram as músicas junto. "Vocês querem esquentar?", perguntou o vocalista Andria Busic enquanto anunciava os integrantes do trio, segundo antes da música "Fire", introduzida por um poderoso solo de Ardanuy. Já o irmão de Busic, o baterista Ivan, fez questão de não se esquecer de lembrar a venda de cópias de "Animal", CD mais recente da banda, lançado em 2011.

Houve tempo para músicas mais antigas como "Emotional Catastrophe" e até uma homenagem a Dio, o celebrado vocalista que substituiu Ozzy Osbourne no Black Sabbath durante a década de 1980, morto em 2010.

Antes do fim do show, a banda República voltou ao palco -- com Roy Z ao lado -- para fechar o encontro. O resultado foi a duplicação de quase tudo no Sunset: quatro guitarras, dois baixos e duas baterias, todos dedicados ao metal. Para terminar, os músicos apresentaram uma versão mais pesada de "You Really Got Me", da banda Kinks, que também fez sucesso na regravação do Van Halen.

Atrações desta quinta (19)

O segundo final de semana de shows do Rock in Rio tem início nesta quinta-feira (19). Dedicado ao metal, o dia terá como atrações Sepultura com Tambours du Bronx, a banda sueca Ghost BCAlice in Chains no Palco Mundo, além do Metallica.

Já no Palco Sunset, as atrações são Sebastian Bach e Rob Zombie, além dos shows conjuntos de República, Dr. Sin e Roy Z e de Almah e Hibria.

Como chegar

O evento conta com um sistema especial de transporte de ônibus que inclui, além das linhas regulares, linhas especiais para chegar e sair da Cidade do Rock.

Uma linha circular vai do terminal Alvorada até o terminal Cidade do Rock, instalada no Autódromo, e tem paradas no Barra Shopping e no Shopping Via Parque. A linha funciona das 12h às 04h e sua tarifa é a mesma dos ônibus municipais. Na saída do evento será a única linha disponível, mas do terminal Alvorada é possível pegar outras linhas para o Rio de Janeiro.

Nas linhas regulares, os passageiros podem utilizar os cartões RioCard e RioCard Cidade do Rock, que podem ser adquiridos nas lojas RioCard. Mais informações sobre os transportes para a Cidade do Rock podem ser conferidas no site www.vadeonibus.com.br.