Topo

Música


Paul McCartney faz show surpresa no centro de Londres

Do UOL, em São Paulo*

18/10/2013 11h56

O ex-Beatle Paul McCartney surpreendeu nesta sexta-feira (18) as pessoas que passeavam pelo Covent Garden, no centro de Londres, com um show surpresa de seis músicas em um palco montado em um caminhão.

Centenas de pessoas pararam o que estavam fazendo para acompanhar a apresentação do artista britânico de 71 anos, que acaba de lançar "New", seu primeiro álbum de canções inéditas em seis anos.

McCartney havia anunciado o show alguns minutos antes no Twitter.  "Estou me preparando para aparecer em Covent Garden hoje 1h. Oh baby!", escreveu.

Nesta sexta, o músico também autografou o novo disco na loja HMV, principal "supermercado de cultura pop" da capital britânica, com 4,5 mil metros quadrados, que reabriu suas portas no endereço original, de 1921. 

Times Square e escola
Na semana passada, Paul fez um show surpresa em plena Times Square, em Nova York, no qual também interpretou algumas músicas de seu mais recente álbum.

Acompanhado de um grupo de músicos, todos eles em cima de um caminhão transformado em palco, o astro cantou para centenas de espectadores durante pouco mais de meia hora. A apresentação aconteceu depois de McCartney publicar no Twitter a mensagem "Uau! Realmente animado para tocar na Times Square, em Nova York, à 1 PM (13h no horário local)".

Um dia antes, o ex-Beatle cantou para os estudantes da Frank Sinatra School of the Arts, uma escola de ensino médio. Os alunos foram convocados para uma aula especial na qual estava ninguém menos do que o astro.

  • Reprodução

    Capa de "New" (2013), 16º álbum de McCartney

Mais roqueiro
Diferente do último "Kisses on the Bottom" (2012), em que McCartney trouxe duas músicas inéditas e regravações de standards dos anos 50 em estilo jazzy/retrô, "New" tem energia. O disco encontra o baixista de 71 anos pós-casamento com Nancy Shevell, de 52, e depois de assumir o posto de vocalista em "Cut Me Some Slack", executada junto dos ex-integrantes do Nirvana, Dave Grohl, Krist Novoselic e Pat Smear.

Em "New", McCartney trabalha com quatro produtores. Paul Epworth (que já esteve com Bloc Party e Primal Scream, e as estrelas pop Adele e Rihanna) tem a veia mais rock and roll da produção. São dele a faixa de abertura, "Save Me"; a etérea "Road"; e o segundo single do disco, "Queenie Eye", uma espécie de "I Am the Walrus", dos Beatles de 1967, mais agressiva.

Mark Ronson, conhecido pelas melodias pop e modernas em sucessos de Amy Winehouse e Rufus Wainwright, coloca as batidas dançantes do álbum em "Alligator" e no primeiro single, a faixa-título "New". Ethan Johns (Kings of Leon, The Vaccines e Ryan Adams) traz minimalismo nas faixas "Early Days" e "Hosanna", em sessões de McCartney com seu violão. Na edição deluxe do disco, Johns aparece ainda no rock and roll "Turned Out".

Giles Martin, filho do "quinto Beatle" George Martin, é quem mais contribui em "New". Uma de principais colaborações, aqui, foi introduzir os ares de trip-hop a "Appreciate" e os sintetizadores em "Looking at Her". "Everybody Out There" lembra algo de "Mrs. Vandebilt", de Paul McCartney com a banda Wings, assim como "I Can Bet". Johns também está em "On My Way to Work" e no blues "Get Me Out of Here", segunda das duas faixas que vêm na edição de luxo do álbum.

Veja as faixas de "New":

1. "Save Us" (produzida por Paul Epworth)
2. "Alligator" (produzida por Mark Ronson)
3. "On My Way to Work" (produzida por Giles Martin)
4. "Queenie Eye" (produzida por Paul Epworth)
5. "Early Days" (produzida por Ethan Johns)
6. "New" (produzida por Mark Ronson)
7. "Appreciate" (produzida por Giles Martin)
8. "Everybody Out There" (produzida por Giles Martin)
9. "Hosanna" (produzida por Ethan Johns)
10. "I Can Bet" (produzida por Giles Martin)
11. "Looking At Her" (produzida por Giles Martin)
12. "Road" (produzida por Giles Martin)
"Scared" (faixa escondida)

Versão deluxe:
13. "Turned Out" (produzida por Ethan Johns e Giles Martin)
14. "Get Me Out of Here" (produzida por Giles Martin)

*Com informações da AFP

Música