Música

Música de Kendrick com Imagine Dragons ganha versão estúdio após Grammy

Do UOL, em São Paulo

27/01/2014 05h01

A apresentação de Kenrick Lamar com a banda Imagine Dragons no Grammy 2014, que aconteceu neste domingo (26) em Los Angeles, rendeu frutos além do palco da cerimônia. A junção do hit pop "Radioactive" com trechos do rapper em "M.a.a.d City" ganhou versão em estúdio, que já está à venda no iTunes.

Junto com os tradicionais tambores de seus shows, o Imagine Dragons e o rapper subiram ao palco vestidos todos de branco. Eles se apresentaram em um palco repleto de fumaça e luzes estroboscópicas em chamas.

O Imagine Dragons venceu o prêmio de melhor performance de rock por "Radioactive", enquanto Kendrick saiu de mãos vazias.

Premiados

O Grammy 2014 premiou artistas da música em 82 categorias, mas apenas dez delas foram televisionadas. A academia considerou elegíveis lançamentos entre 1º de outubro de 2012 a 30 de setembro de 2013. Por isso discos de dois anos atrás, como "Red" (Taylor Swift) e "Unorthodox Jukebox" (Bruno Mars), puderam entrar na votação e o álbum-surpresa de Beyoncé, o autointitulado lançado em 13 de dezembro do ano passado, ficou de fora. 

A dupla francesa de música eletrônica Daft Punk saiu consagrada vencendo todos os cinco prêmios aos quais concorria, incluindo o de álbum do ano por "Random Access Memories". Lançado em maio último, o disco figurou em praticamente todas as listas de melhores de 2013, e em um resultado justo venceu a maior premiação de música.

"Get Lucky" ganhou gravação do ano (prêmio concedido ao artista, ao produtor, ao engenheiro de som), mas a canção de 2013 (contemplada ao compositor) ficou para a neozelandesa Lorde, com a irônica "Royals". 

A dupla formada pelo rapper Macklemore e pelo produtor Ryan Lewis, que concorria a sete prêmios, faturou quatro importantes troféus: melhor álbum de rap por "The Heist", melhor canção de rap por "Thrift Shop" (com participação do cantor Wanz), melhor performance de rap também por "Thrift Shop" e artista revelação.

No gênero, não sobrou quase nada para Jay-Z. O rapper de 44 anos acabou ficando com apenas um prêmio das nove indicações: melhor colaboração de rap com “Holy Grail”, em parceria com Justin Timberlake.

Macklemore & Ryan Lewis também fizeram uma apresentação marcante no Grammy deste ano ao celebrarem um casamento coletivo com 34 casais e defenderem a união de pessoas do mesmo sexo, a única bandeira política erguida no palco da premiação.

Queen Latifah deu a bênção aos noivos. "Estamos aqui para celebrar o amor e a harmonia", disse ela durante a canção "Same Love", que desde o ano passado virou hino da queda do Doma (Defense of Marriage Act) -- lei que negava direitos constitucionais a casais do mesmo sexo nos Estados Unidos. "Declaro vocês casados", disse para as dezenas de casais que trocaram alianças e beijos perto do palco. Foi quando Madonna apareceu vestida toda de branco, com um chapéu, e fechou a "cerimônia" com "Open Your Heart", seu sucesso de 1986.

Sem Beatles

Uma apresentação que tinha tudo para ser histórica foi o reencontro de Paul McCartney e Ringo Starr. Os Beatles ganharam a distinção Recording Academy Lifetime Achievement, uma homenagem ao conjunto da obra da banda, mas nenhuma música dos fab four foi tocada durante a apresentação.

Ringo defendeu a sua "Photograph" sozinho e mais tarde se juntou a Paul para "Queenie Eye", do último disco do baixista. "New", o último álbum de Paul, não rendeu prêmios ao músico, mas ele subiu ao palco e ganhou o gramofone pela jam feita com os integrantes do Nirvana, Krist Novoselic e Dave Ghrol, "Cut me Some Slack", uma canção feita de improviso, para o documentário produzido por Dave, "Some City".

Dois representantes do rock clássico antigo também deram as caras na premiação: o Black Sabbath ganhou um prêmio por melhor performance de metal com "God Is Dead", do disco "13". E o extinto Led Zeppelin venceu o prêmio de melhor álbum de rock pelo registro ao vivo "Celebration Day".

Os representantes do Brasil no Grammy 2014, os paulistanos do Trio Corrente levaram o gramofone de melhor álbum latino de jazz por "Song For Maura".

O Grammy 2014 premiou artistas da música em 82 categorias, mas apenas dez delas foram televisionadas. A academia considerou elegíveis lançamentos entre 1º de outubro de 2012 a 30 de setembro de 2013. Por isso discos de dois anos atrás, como "Red" (Taylor Swift) e "Unorthodox Jukebox" (Bruno Mars), puderam entrar na votação e o álbum-surpresa de Beyoncé, o autointitulado lançado em 13 de dezembro do ano passado, ficou de fora. 

Confira os vencedores nas principais categorias do Grammy Awards 2014:

Álbum do ano
"Random Access Memories" - Daft Punk

Canção do ano
"Royals" - Lorde

Gravação do ano
"Get Lucky" - Daft Punk com Pharrell e Nile Rodgers

Artista revelação
Macklemore & Ryan Lewis

Melhor performance pop de duo ou dupla
"Get Lucky" - Daft Punk e Pharrell

Melhor performance solo pop
"Royals" - Lorde

Melhor álbum instrumental pop
"Steppin' Out" - Herb Alpert

Melhor álbum vocal pop
"Unorthodox Jukebox" - Bruno Mars

Melhor álbum country
"Same Trailer Different Park" - Kacey Musgraves

Melhor canção de dance
"Clarity" - Zedd Featuring Foxes

Melhor álbum de música eletrônica/dance
"Random Access Memories" - Daft Punk

Melhor álbum pop vocal tradicional
"To Be Loved" - Michael Bublé

Melhor performance de rock
"Radioactive" - Imagine Dragons

Melhor performance de metal
"God Is Dead?" - Black Sabbath

Melhor canção de rock
"Cut Me Some Slack" - Compositores: Dave Grohl, Paul McCartney, Krist Novoselic e Pat Smear (Paul McCartney, Dave Grohl, Krist Novoselic, Pat Smear)

Melhor álbum de rock
"Celebration Day" - Led Zeppelin

Melhor álbum de música alternativa
"Modern Vampires Of The City" - Vampire Weekend

Melhor clipe
"Suit & Tie" – Justin Timberlake e Jay Z

Melhor performance tradicional de R&B
"Please Come Home" - Gary Clark Jr.

Melhor canção de R&B
"Pusher Love Girl" – compositores: James Fauntleroy, Jerome Harmon, Timothy Mosley e Justin Timberlake (Justin Timberlake)

Melhor álbum urbano contemporâneo
"Unapologetic" - Rihanna

Melhor álbum de R&B
"Girl On Fire" - Alicia Keys

Melhor performance de rap
"Thrift Shop" - Macklemore & Ryan Lewis Featuring Wanz

Melhor colaboração de rap
"Holy Grail" - Jay Z Featuring Justin Timberlake

Melhor álbum latino de pop
"Vida" – Draco Rosa

Melhor álbum latino de rock, urbano ou alternativa
"Treinta Días" – La Santa Cecilia

Melhor álbum latino tropical
"Pacific Mambo Orchestra" – Pacific Mambo Orchestra

Melhor álbum de bluegrass
"The Streets of Baltimore" – Del McCoury Band

Melhor álbum de blues
"Get Up!" – Ben Harper com Charlie Musselwhite

Melhor álbum de folk
"My Favorite Picture of You" – Guy Clark

Melhor canção de rap
"Thrift Shop" – Compositores: Ben Haggerty & Ryan Lewis, (Macklemore & Ryan Lewis)

Melhor álbum de rap
"The Heist" - Macklemore & Ryan Lewis

Melhor performance solo country
"Wagon Wheel" - Darius Rucker

Melhor performance country em duo ou grupo
"From This Valley" - The Civil Wars

Melhor canção country
"Merry Go 'Round" – Compositores: Shane McAnally, Kacey Musgraves & Josh Osborne (Kacey Musgraves)

Melhor álbum de reggae
"Ziggy Marley in Concert" - Ziggy Marley

Melhor álbum de world music
Empate:
"Savor Flamenco" – Gispsy Kings
"Live: Singing For Peace Around The World" – Ladysmith Black Mambazo

Melhor álbum de new age
"Love's River" - Laura Sullivan

Melhor álbum improvisado de jazz
"Orbits" - Wayne Shorter

Melhor álbum vocal de jazz
"Liquid Spirit" - Gregory Porter

Melhor álbum de jazz instrumental
"Money Jungle: Provocative In Blue" - Terri Lyne Carrington

Melhor álbum conjunto de jazz
"Night In Calisia" - Randy Brecker, Wlodek Pawlik Trio & Kalisz Philharmonic

Melhor álbum latino de jazz
"Song For Maura" - Paquito D'Rivera And Trio Corrente

Melhor DVD de música
"Live Kisses" – Paul McCartney

Melhor trilha sonora para cinema
"007 - Operação Skyfall" – Thomas Newman

Melhor canção escrita para mídia visual
"Skyfall" – Adele, para "Skyfall"

Melhor engenharia de som de álbum não-clássico
"Random Access Memories" - Daft Punk 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Adriana de Barros
Blog do Matias
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Matias
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
UOL Entretenimento
Adriana de Barros
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
UOL Entretenimento
do UOL
AFP
AFP
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
Estadão Conteúdo
Música
do UOL
do UOL
Topo