PUBLICIDADE
Topo

Filha de Silvio Santos engrossa críticas a Zeca: "falta de respeito ofende"

Do UOL, em São Paulo

29/06/2015 22h04

A diretora do SBT Silvia Abravanel, filha de Silvio Santos, criticou duramente o apresentador Zeca Camargo, que causou polêmica nesta segunda (29) após relativizar a comoção em torno do cantor Cristiano Araújo, que morreu na última quarta-feira em um acidente automobilístico.

Em texto publicado nas redes sociais, Silvia, que é casada com o sertanejo Edu Pedroso, da dupla Téo & Edu, cobrou respeito.

"Querido Zeca Camargo, Cristiano Araújo não tão famoso? Homem não tão conhecido? Menos popular? Fãs e pessoas que não faziam ideia de quem era Cristiano partiram para abraço coletivo? Figura relativamente desconhecida? Comoção nacional absurda? Cantor morreu cedo demais para provar que tinha potencial para se tornar paixão nacional? Ídolo de uma música só??", questionou Silvia.

  • 48032
  • true
  • http://musica.uol.com.br/enquetes/2015/06/29/o-que-achou-da-analise-de-zeca-camargo.js

"Bom, OK, ele poderia não ser conhecido mundialmente como alguns citados nesse seu infeliz texto. Mas posso garantir, até como vc falou nacional, ou seja, no brasil inteiro, que o 'senhor' foi infeliz com esses comentários, inclusive faltando com respeito à família do cantor e às pessoas que o admiravam. Não sei qual era sua intenção quando escreveu esse texto, mas, se era para ser ridicularizado e ofendido pela povo brasileiro, o "senhor' conseguiu. Respeito é um dever ao gosto de cada um e a falta dele ofende!".

$escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-foto','/2015/27mai2014---silvia-abravanel-diretora-do-sbt-prestigia-os-60-anos-de-carreira-de-carlos-alberto-de-nobrega-em-uma-casa-de-espetaculos-no-centro-de-sao-paulo-1435668148536.vm')

"Ídolos de verdade"

Na análise que Zeca fez para o "Jornal das Dez", da Globo News, ele diz que o cantor "talvez tenha morrido cedo demais para provar que poderia ser uma paixão nacional". Ele lista as mortes de Ayrton Senna, Mamonas Assassinas e Lady Di para questionar: "Como, então, fomos capazes de nos seduzir emocionalmente por uma figura relativamente desconhecida? A resposta está nos livros de colorir", ele compara. Segundo Zeca, esse fenômeno editorial destaca "a pobreza da atual alma cultural brasileira". 

A crítica fez com que os sertanejos protestassem nas redes sociais. Artistas como Israel Novaes, Fernando e Sorocaba, Marcos e Belutti, Munhoz e Mariano, e Henrique e Juliano publicaram imagens em que aparecem tampando os ouvidos após o apresentador afirmar que "de uma hora para outra, fãs e pessoas que não tinham ideia de quem era Cristiano Araújo partiram para o abraço coletivo". 

"Tentando tapar o ouvido para tanta bobagem. É triste ver em rede nacional o jornalista Zeca Camargo subestimando, nas entrelinhas da sua reportagem, a força da nossa música sertaneja e a força dos nossos ídolos", reclamou Sorocaba, da dupla Fernando e Sorocaba.

A dupla Henrique e Juliano publicou a imagem de um vaso sanitário com o nome do apresentador. "Tive o desprazer de ouvir suas palavras na televisão e é claro que fiquei espantado com o tamanho do teu despreparo e incompetência. O senhor estava sob efeito de alguma droga?", questionou a dupla no Instagram. "Não é porque o senhor acha que 'cultura' está na tua cintura com a sua dança do ventre, que o senhor tem o direito de desrespeitar quem admira e respeita aqueles que trabalham arduamente para ter o trabalho reconhecido usando um 'microfone diferente' dos que o senhor usa para ganhar o seu", diz o texto.

Desde a notícia da morte de Cristiano Araújo, a fama do sertanejo tem sido questionada por quem nunca havia ouvido falar dele. O cantor foi o artista mais ouvido da Rádio UOL em 2014.

Na crítica para a TV, Zeca afirmou que a música pop brasileira "não precisa ser assim". "Nossa história musical, e mesmo o passado recente, prova que temos tudo para adoramos ídolos de verdade, e para chorar de verdade pela presença deles no palco, ou na saudade da perda. Mas olhando em volta, parece que não temos nada", diz o apresentador.

Os internautas se dividiram quanto à análise. Inicialmente, o apresentador foi duramente criticado e xingado nas redes sociais. "A maior besteira é a pessoa dizer que odeia um tipo de música e, por isso, considerar que quem ouve não tem cultura. Zeca Camargo lixo", reclamou uma internauta.

Alguns usuários, porém, o apoiaram . "Amei a opinião do Zeca. Está certíssimo, afinal que era Cristiano Araújo mesmo? Me poupem, se poupem, nos poupem", comentou uma outra pessoa.

#QuemÉZecaCamargo Pode isso?

Posted by Sertanejo Universitário on Monday, June 29, 2015