PUBLICIDADE
Topo

Noel Gallagher explora pouco Oasis em show solo e sai aplaudido do Lolla

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

13/03/2016 19h05

Enquanto a reunião do Oasis ainda é apenas um sonho, os fãs da banda tiveram a oportunidade de sentir neste domingo (13) mais um gostinho de anos 1990, com o show solo do guitarrista Noel Gallagher no Lollapalooza Brasil 2016, em São Paulo.

Tocando no palco principal com sua banda chamada Noel Gallagher's High Flying Birds, ele tentou cativar com um competente repertório solo, que serviu como um longo aquecimento. Mas foi só com as poucas músicas da antiga banda que conseguiu de fato movimentar a plateia, muitos ali apenas à espera do grupo Florence + the Machine, próxima atração no palco.

Mesmo que esta não tenha sido a intenção, Noel acertou ao deixar os clássicos para a parte final. Caso tocasse Oasis na primeira metade do show, boa parte da plateia, que veio diretamente da apresentação do Alabama Shakes no palco Ônix, ficaria a ver navios.

A primeira canção do Oasis que ele cantou, uma versão ligeiramente mais acústica de "Champagne Supernova", foi executada ante a uma garoa fina que fez brotar as primeiras capas de chuva na multidão. Ainda houve espaço para hits como "Wonderwall" e a sempre cantarolada "Don't Look Back in Anger".

"Vocês tiveram um bom dia hoje?", perguntou ele, em uma de sua poucas interações com o público, como um bartender sisudo perguntaria àquele cliente beberrão e não tão assíduo assim.

Com seu conhecido estilo blasé, Noel veio com pouca conversa. Emendou uma música atrás da outra para engordar o repertório algumas delas executadas com arranjos de metais, algo pouco explorado pelo Oasis.