PUBLICIDADE
Topo

Com ex-baterista do Angra, Primal Fear encara público tímido no Monsters

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

25/04/2015 14h01

Segunda atração do Monsters of Rock, a banda alemã Primal Fear subiu ao palco pontualmente às 12h05, com a incumbência de "aquecer" a plateia que ainda começava a chegar no Monsters of Rock, no sambódromo do Anhembi. E assim o fez.

Sob sol forte, o grupo, que conta com ex-Angra Aquiles Priester na bateria, apresentou por cerca de 45 minutos seu power metal calcado em bandas como Judas Priest, Helloween e Gamma Ray -- grupo de origem do estridente vocalista Ralf Scheepers.

Apesar da performance dedicada e praticamente perfeita --apenas uma guitarra inaudível na abertura "Final Embrace" -- , poucos ali pareciam conhecer de fato as músicas da banda, que reproduz com competência os clichês mais clássicos do gênero: vocais agudos, solos melodiosos e andamento sempre acelerado.

Destaque maior para o vocal de Scheepers, que encarna uma versão "bombada" e alemã de Rob Halford, alcançando as notas altas que o "metal god", hoje aos 63, não consegue mais. O repertório, no entanto, passa longe da coleção de clássicos do Priest.

A programação do Monsters segue na tarde deste sábado com Coal Chamber, Rival Sons e Black Veil Brides. Mais tarde, fecham a noite Motörhead, Judas Priest e Ozzy Osbourne.