Música

Arroz de festa? Quem são os artistas que não saem do Brasil

Divulgação
Paul McCartney, Iron Maiden, Red Hot Chili Peppers, Metallica e Double You sempre fazem show no Brasil Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

10/05/2017 04h00

Paul McCartney fez o seu primeiro show no Brasil em 1990, voltou em 1993 e depois disso ficou 17 anos sem pisar por aqui. A partir de 2010, o ex-beatle botou o Brasil em sua rota anual e, desde então, voltou ao país outras cinco vezes. Recentemente, ele anunciou sua oitava turnê por aqui, desta vez com show pela primeira vez em Salvador, na Bahia. O objetivo do músico é visitar o maior número de capitais brasileiras. 

As frequentes visitas de McCartney, no entanto, não são uma exclusividade do ex-beatle. Diversos artistas amam se apresentar no país, seja por causa dos shows sempre lotados, pela devoção dos fãs, ou mesmo por terem casa no Brasil. As visitas são tantas que muitos deles são lembrados como arroz de festa. 

Para os fãs, as notícias de shows de artistas favoritos é ótima, claro. No caso de Paul McCartney, a maioria das apresentações sempre são feitas com lotação esgotada. A mesma coisa ocorre com Metallica e Iron Maiden. Por outro lado, algumas turnês já viraram até piada, como as de Jimmy Cliff ou do Double You, que já cansaram até os fãs mais dedicados.

Arroz de festa

  • Imagem: Chris Pizzello/Invision/AP
    Chris Pizzello/Invision/AP
    Imagem: Chris Pizzello/Invision/AP

    Paul McCartney

    O ex-beatle talvez seja o arroz de festa mais celebrado pelos brasileiros. Em outubro deste ano, ele fará sua oitava turnê pelo país, com show inédito em Salvador, na Bahia. Desde 2010, o cantor visitou o Brasil quase todos os anos e já se apresentou em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Brasília e Fortaleza, sempre com estádios lotados. Leia mais

  • Imagem: Alexandre Schneider/UOL
    Alexandre Schneider/UOL
    Imagem: Alexandre Schneider/UOL

    Metallica

    Outro arroz de festa amado pelos fãs é o Metallica. O grupo já tocou nove vezes no Brasil. Só no Rock in Rio, foram três. Este ano, eles se apresentaram no festival Lollapalooza Brasil, em São Paulo. A primeira vez por aqui foi em 1989, depois voltaram em 1993. Desde então, foram presença constante nos estádios brasileiros. Assim como Paul, sempre com lotação máxima. Leia mais

  • Imagem: Lucas Lima/UOL
    Lucas Lima/UOL
    Imagem: Lucas Lima/UOL

    Iron Maiden

    A estreia do Iron Maiden no Brasil foi em grande estilo, em 1985, com a turnê Powerslave, no Rock in Rio. Eles voltariam novamente outras 10 vezes: em 1992, 1996, 1998, 2001, 2004, 2008, 2009, 2011, 2013 e 2016. Assim como Paul McCartney, a banda também expandiu suas apresentações para longe do eixo Rio-São Paulo, com uma histórica apresentação em Manaus em 2009. Fora dos palcos, em 2014 o vocalista Bruce Dickinson veio ao Brasil para uma palestra sobre tecnologia, inovação e cultura na Campus Party Brasil. O ex-vocalista Paul Di'Anno é apaixonado pelo país e tem duas filhas brasileiras. Ele foi uma das atrações na Praça da República, em São Paulo, durante a Virada Cultural de 2008. Leia mais

  • Imagem: Amy Harris/Invision/AP
    Amy Harris/Invision/AP
    Imagem: Amy Harris/Invision/AP

    Red Hot Chili Peppers

    Ao todo, a banda californiana já fez 12 shows no Brasil, diluídos em seis visitas, sempre com casa lotada. Em 2001, eles bateram o recorde de público do Rock in Rio quando se apresentaram para 250 mil pessoas. A primeira vez por aqui, no entanto, rolou em 1993. Depois eles voltariam em 1999, 2001, 2002, 2011 (também no Rock in Rio) e 2013. A mais nova visita vai ocorrer no dia 24 de setembro, mais uma vez no Rock in Rio. Leia mais

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Double You

    O Double You talvez seja a banda que mais mereça o título de arroz de festa. A agenda nacional do grupo continua cheia. No dia 28 de abril eles se apresentaram em São Paulo, no Café Photo. Em maio, eles se apresentam em Governador Valadares e em Ribeirão Preto. O grupo europeu, formado em 1985, como deu para perceber, é praticamente brasileiro. O baixista, Gino Martini é paulista e o vocalista britânico, William Narain, tem casa no país. Leia mais

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Air Supply

    Neste ano, o duo australiano Air Supply ainda não fez show no Brasil. Mas nos últimos quatro anos eles marcaram presença no país com apresentações (nem sempre lotadas) em casas de espetáculos de São Paulo. A última vez foi no Espaço das Américas, em comemoração aos 40 anos do grupo. O repertório não mudou muito, com hits clássicos como "Lost in Love", "Making Love Out of Nothing at All", "Sweet Dreams", "Goodbye" e "The One that You Love". Leia mais

  • Imagem: Reprodução/YouTube
    Reprodução/YouTube
    Imagem: Reprodução/YouTube

    Jimmy Cliff

    Outro artista que virou piada pela quantidade de shows que fez no Brasil foi o jamaicano Jimmy Cliff. Na década de 1980, o cantor se apresentou diversas vezes no país, inclusive excursionando com Gilberto Gil. Ele também se apresentou no programa do Chacrinha e gravou participação no disco do Cidade Negra. Em 1992, gravou em Salvador o disco "Breakout", com participações de Olodum e Araketu. Em 1997, gravou uma música do Acústico MTV com os Titãs. Leia mais

  • Imagem: Foto Rio News
    Foto Rio News
    Imagem: Foto Rio News

    Billy Paul

    No Brasil, a versão funkeada de Billy Paul para "Your Song", de Elton John, ficou mais famosa do que a original. E um dos motivos é a familiaridade que os brasileiros têm com a sua música. Paul, que morreu em abril de 2016, chegou a fazer show no Brasil em agosto do ano anterior. Mas sua ligação com o país era muito maior. Em 2015, em entrevista ao UOL, ele revelou que seu lugar favorito no Brasil era Fortaleza, no Ceará. "Minha mulher ama Fortaleza. Eu também. Além de linda, a cidade tem praias com águas não tão geladas quanto as de Nova York". Leia mais

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Matias
Reuters
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
Reuters
do UOL
do UOL
Blog do Matias
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
Adriana de Barros
UOL Entretenimento
UOL Música - Imagens
do UOL
Adriana de Barros
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
do UOL
do UOL
BBC Brasil - Cultura
do UOL
ANSA
Topo