Topo

Música

Acusado de incitar o estupro, MC Diguinho lança clipe editado às pressas

Reprodução/YouTube
O funkeiro MC Diguinho em cena do clipe "Só Surubinha de Leve" Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

18/01/2018 20h42

Após ter seu funk "Só Surubinha de Leve" excluído de todas as plataformas de streaming e anunciar uma versão "light" da música, MC Diguinho divulgou nesta quinta-feira (18) o clipe oficial da polêmica canção.

Hit do momento nos fluxos e pancadões, "Só Surubinha de Leve" causou forte reação nas redes sociais por sugerir, no verso principal da música, embriagar intencionalmente uma mulher para depois estuprá-la: "Taca a bebida, depois taca a pica e abandona na rua", dizia a letra.

A nova letra muda alguns versos que causaram revoltas nas rede sociais: "Só uma surubinha de leve, surubinha de leve/ Com essas filha da puta/ Taca a bebida, depois taca a pica/ E abandona na rua" virou "Só uma surubinha de leve/ Surubinha de leve/ Com essas mina maluca / Taca a bebida / Depois taca e fica / Mas não abandona na rua".

No clipe, MC Diguinho aparece ao lado de algumas mulheres em uma casa. No final, um carro deixa as meninas na rua e, logo em seguida, elas retornam para o veículo, que segue seu caminho.

O projeto foi gravado antes de toda polêmica com a música, e o recurso usado pela produtora foi de usar um efeito para "reverter" a filmagem, dando a impressão de que as garotas voltaram para o carro.

Veja abaixo o clipe:

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!