PUBLICIDADE
Topo

Figurinos de Katy Perry inspiram fãs e impulsionam vendas de ambulantes

Giselle de Almeida

Do UOL, no Rio

27/09/2015 13h38

Se Rihanna inspirava a maioria das tatuagens que desfilaram pela Cidade do Rock no sábado, Katy Perry parece ser mais uma influência da moda no festival. Os figurinos que a cantora usa na atual turnê encantam as fãs mais empolgadas (e habilidosas), mas também impulsionam as vendas dos ambulantes que fazem a festa na entrada do Rock in Rio.

"Ela é a melhor mulher para vender. Sexta fui para São Paulo, e foi um estouro. Depois vou para Curitiba. Estou botando as contas em dia", contou um camelô, afirmando que só Demi Lovato se compara com ela em números.

27.set.2015 - Camelô vende faixas de Katy Perry na porta da Cidade do Rock - Zulmair Rocha/UOL - Zulmair Rocha/UOL
Camelô vende faixas de Katy Perry; porta da Cidade do Rock virou um shopping a céu aberto
Imagem: Zulmair Rocha/UOL
Realmente, o entorno da fila parece um shopping a céu aberto, fenômeno que não aconteceu nos dias anteriores da segunda semana do festival. Quem quer caprichar na produção encontra tiaras de gatinhos (referência aos Katy Cats), tiaras de flores e faixas por R$ 10, camisas por R$ 40 e bandeiras por R$ 30.

Mas há quem prefira vir de casa com um visual mais original, como é o caso da estudante Isabelle Mercúrio, 23. Usar uma peruca verde sob um sol escaldante não parece uma boa ideia, mas ela jura que vai superar o calor e manter a personagem até o fim.

"Está muito quente, mas se tirar não tem graça. Saí do meu prédio assim e ficou todo mundo me olhando. Mas nem ligo", contou ela, que confeccionou o próprio modelito, que tem um top preto decorado com dois "smiles".

27.set.2015 - Sofia Valério usa um vestido prateado para o show de Katy Perry - Zulmair Rocha/UOL - Zulmair Rocha/UOL
Sofia Valério usa vestido com luz de LED que irá acender na hora do show
Imagem: Zulmair Rocha/UOL
À espera de seu segundo show da cantora, ela contou que em 2011 conseguiu ver a musa de perto por duas vezes. A primeira, quando presenciou um tchauzinho da sacada do hotel. "Ela desceu do palco, e eu estava na grade. Tentei tirar foto, mas só ficaram uns borrões. A gente não sabe bem o que fazer tão perto dela", contou.

Os fãs já sabem que uma roupa chamativa aumenta a chance de um convite ao palco durante o show. Por isso mesmo a estudante Sofia Valério investiu cerca de R$ 200 num vestido prata com barras de LED, que ela vai acender na hora da apresentação.

"Pedi pra um eletricista amigo instalar. Funciona com uma bateria portátil", explicou a adolescente, de Brasília, em seu primeiro Rock in Rio. "Ela me inspira muito. As músicas dela me emocionam. Sou fã há seis anos", contou.