Topo

Música

Cybele, uma das vozes do Quarteto em Cy, morre no Rio aos 74 anos

Do UOL, em São Paulo

22/08/2014 11h01

A cantora Cybele Ribeiro de Sá Leite Freire, uma das vozes e fundadoras do grupo Quarteto em Cy, morreu na quinta-feira (21), aos 74 anos, no Rio de Janeiro. A cantora foi vítima de uma isquemia pulmonar.

Segundo a produtora Regina Oreiro, o corpo de Cybele será enterrado às 14h, na capela 7 do Cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul do Rio.

Na Rádio UOL

  • Reprodução

    Ouça o "Chico em Cy"

    Quarteto em Cy canta sucessos como "Vai Passar", "Anos Dourados" e "Noite dos Mascarados"

Cybele estava fora do grupo desde 2013, quando decidiu passar mais tempo com a família. Nos últimos dias tratava, em casa, de uma pneumonia. "A Cyva, sua irmã mais velha, até falou com ela na manhã de quinta, para marcar um almoço. Ela estava bem", contou a produtora ao UOL.

No Facebook do Quarteto em Cy, a nota sobre a morte cita a canção “Sabiá”, de Chico Buarque, que fazia parte do repertório do grupo: “’Vou voltar, sei que ainda vou voltar, para o meu lugar. Foi lá e é ainda lá, que eu hei de ouvir cantar, uma sabiá’. Acabamos de perder Cybele do Quarteto em Cy. Segue em paz , nossa Sabiá. Luz”.

Foi com essa canção que Cybele, ao lado de Cynara, ganhou o prêmio Galo de Ouro no 3º Festival Internacional da Canção, no Maracanãzinho, no Rio, em 1968.

Cybele também se destacou ao dublar a personagem Branca de Neve, na versão nacional do clássico da Disney, "Branca de Neve e os Sete Anões".

Sem a cantora na formação atual, o grupo estava ensaiando para o espetáculo “Olhos nos Olhos” em Belo Horizonte, no próximo dia 20 de setembro, em homenagem aos 70 anos de Chico.  

Folhapress
Imagem: Folhapress


Trajetória
Um dos grupos vocais mais importantes da MPB, o Quarteto em Cy foi originalmente formado pelas irmãs Cylene, Cynara, Cybele e Cyva, nascidas em Ibirataia (BA). Ainda pequenas, elas se iniciaram na música através do projeto sociocultural “Hora da Criança”.

No início dos anos 60, Cyva, a irmã mais velha, conheceu Vinícius de Moraes. O poeta foi o grande incentivador para que o grupo vocal surgisse. O nome, Quarteto em Cy, brinca com a primeira sílaba do nome de cada uma das irmãs.

O primeiro registro do conjunto se deu ao lado de Catulo de Paula, na trilha sonora do filme de Alex Viany “Sol Sobre a Lama” (1963), composta por Pixinguinha e Vinícius de Moraes.

Participou do histórico show na boate Zum-Zum, em companhia de Vinícius de Moraes e Dorival Caymmi, com produção de Aloysio de Oliveira. Em 1964, veio o disco de estreia e em 65, participaram do clássico “Os Afro-Sambas”, com Vinicius e Baden Powell.

Em 1966, guiadas por Aloysio de Oliveira, as quatro irmãs do Quarteto em Cy davam início efetivo a sua carreira internacional, apresentando-se em programas de televisão norte-americanos e gravando sob o nome The Girls From Bahia o disco “Pardon my English”.

No decorrer dos anos, o quarteto se reformulou muitas vezes. Cynara se desligou do grupo em 1967, voltando ao posto em 1980. Desde então, dedicaram shows e discos ao repertório de Dorival Caymmi, Gilberto Gil, Chico Buarque, Milton Nascimento e Gonzaguinha.

Em 2013, a vocalista Keyla Fogaça assume a quarta voz do Quarteto em Cy, no lugar (e com a benção) de Cybele. Com a nova formação, o Quarteto ensaiava a turnê "Olhos nos Olhos", sobre a obra de Chico Buarque de Hollanda.
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!