Topo

Música


Com música e homenagens, corpo do guitarrista Peu Sousa é enterrado em Salvador

Herbem Gramacho

Do UOL, em Salvador

07/05/2013 11h48

Com a presença de muitos artistas baianos e homenagem em forma de música, foi enterrado na manhã desta terça-feira (7), em Salvador, o corpo do guitarrista Pedro Sérgio dos Santos Maia de Souza, conhecido como Peu Sousa.

 

Artistas como Margareth Menezes, Rebeca Matta, Márcio Mello, Márcia Castro, o ator Jackson Costa e o músico Paulinho Boca, integrante dos Novos Baianos, estiveram no cemitério Bosque da Paz. “Os Novos Baianos moravam todos juntos, então os filhos dos Novos Baianos são filhos de todos. Peu para mim era como um filho musical e afetivo. Nosso abraço era de filho pra pai, no máximo tio. Era muito natural. Nossos filhos são todos músicos e amigos”, comentou Paulinho Boca. 

 

Peu era enteado de Luiz Galvão, também integrante do conjunto que marcou época na música popular brasileira. Visivelmente abalado, Galvão não quis falar com os jornalistas.

 

O momento mais marcante da cerimônia foi quando alguns familiares, músicos e amigos do guitarrista reuniram-se durante o velório e, ao redor do caixão, tocaram "Mistério do Planeta" e "Quando Você Chegar", composições de Galvão. Segundo familiares, "Quando Você" chegar era uma das músicas preferidas da mãe de Peu, Janete Galvão, presente na solenidade. A música cita o nome do filho falecido.

 

A viúva do artista, Monique Ferrari, ficou quase todo o tempo abraçada ao lado da filha adolescente. O outro filho do casal, ainda criança, não esteve no cemitério. No momento do enterro, às 11h40, o pai biológico, Carlos Humberto Maia de Sousa, gritou o nome do filho: “Viva Peu!”. 

 

Margareth Menezes enalteceu o talento e a personalidade do guitarrista. “Desde novo, ele se mostrava muito ligado à música. Já começou tocando com Pitty. E Peu era uma figura ainda mais especial porque nunca mudou (por causa da fama). Sempre que encontrava com ele, era a mesma pessoa. Muito triste, ninguém esperava. É isso. A gente sabe muito pouco da vida”.

De acordo com boletim de ocorrência registrado pela polícia, Pepeu Sousa foi encontrado morto por Monique com um cinto amarrado ao pescoço, pendurado em uma estante de metal.

 

À polícia, a mulher do guitarrista disse que teve uma discussão com o marido no domingo e saiu de casa com os dois filhos. Quando ela retornou, Peu já estava morto. A família mora em um condomínio no bairro de Itapuã, em Salvador.

 

"Não sei o que se passou na cabeça dele", diz o irmão

 

Lahiri Galvão, irmão do guitarrista, afirmou não acreditar que a briga entre o músico e sua mulher tenha sido o motivo que levou Souza a supostamente cometer suicídio.

 

"Eles brigaram, aí a mulher dele saiu de casa, mas nada de culpa dela, eu não sei o que passou na cabeça dele. Quando Monique voltou, ele estava trancado no quarto, ela bateu na porta e nada. Aí ela arrombou e viu a cena", afirmou Galvão durante o velório do irmão, nesta segunda.

 

"Ele perdeu a fé em viver", diz Champignon

 

Depois da morte repentina do guitarrista Pedro Sergio dos Santos, o Peu, o vocalista da banda A Banca - composta pelos remanescentes do Charlie Brown Jr. -, Champignon, disse que conviveu com o músico durante parceria na banda Nove Mil Anjos e não consegue acreditar no ocorrido.

 

"Estou muito triste. Exatamente dois meses após a morte do Chorão, vem o Peu. Que ano!", disse ele. E acrescentou: "Não sei porque ele faria isso, mas acredito que ele perdeu a fé em viver. Se a pessoa vive sem fé, não importa se é em alguma religião ou em outra coisa, não tem como continuar".
 

De acordo com Champignon, Peu era um homem brincalhão e de bem com a vida. "A nossa convivência foi muito marcante, não só por ter sido meu companheiro de banda, mas por ele ter um espírito de guerreiro e eu me identificava muito", completou.


De acordo com o músico Marcio Mello, amigo do guitarrista, ele se encontrou com Peu e alguns amigos em um bar na sexta. Embora aparentasse estar bem, Peu estava triste. “Ele estava com a cabeça raspada, até brinquei com ele. Ele estava meio triste com o fato de grana e as paradas com músicas que não aconteciam. Eu sei que essas coisas deprimem as pessoas”, disse o Márcio ao UOL
 
Pitty, Junior e amigos lamentam a morte no Twitter
Peu é autor dos sucessos "Equalize" e "DéJà vu" e foi integrante da banda da cantora Pitty. No Twitter, Pitty lamentou a morte do amigo. "Muito, muito triste com essa notícia. Tanta história partilhada desde a adolescência. Fica na memória o músico incrível que ele sempre foi".
 
O cantor Júnior, parceiro do guitarrista na banda Nove Mil Anjos, também usou o Twitter para falar da morte. "Tomei um susto quando soube do falecimento do Peu (guitarrista da 9MA)! Vou rezar pela familia dele!". 

Assista apresentação da banda Nove Mil Anjos na TVUOL

UOL Música